quinta-feira, setembro 07, 2006

Vida sem fraldas ...


Quando retirar as fraldas?

O início deste processo gera sempre grandes dúvidas e ansiedade aos pais.
Deve ser um momento calmo, considerado como parte da vida da criança e dos pais e encarado sem angústias de nenhuma ordem.
É uma etapa em que a criança está crescendo, tornando-se mais independente e deixando, essencialmente, a sua mãe mais livre também.
Através desta etapa assiste-se a uma nova relação/interacção entre pais e criança.
Os pais não devem ter pressa neste processo.
Uma criança que não tem maturidade suficiente para controlar os seus esfíncteres (músculos que controlam a saída da urina e fezes) e é forçada a deixar as fraldas, pode ter sérios problemas de incontinência urinária (incapacidade de controlar a eliminação da urina) ou de intestino preso (obstipação).
Portanto, não há nada melhor do que “dar tempo ao tempo” nesta nova situação.
Geralmente as crianças controlam primeiro o intestino e depois a bexiga.

Os pais devem estar plenamente conscientes que a criança precisa ter algumas habilidades próprias para começar a ficar sem as fraldas, as quais coincidem com:
- Poder estar sentada durante 5 a 10 minutos;
- Caminhar;
- Falar para conseguir pedir que quer usar o bacio ou a sanita;
- Tirar as suas roupas, que devem ser de fácil manuseio (por exemplo: com elástico);
- Compreender os termos utilizados para nomear urina e fezes;
- Entender que existem locais apropriados, socialmente aceites, para poder eliminar as suas “necessidades”.

Assim sendo cada criança tem o seu desenvolvimento e o seu tempo próprio para a aquisição das habilidades, podendo iniciar esse processo quando somente se encontrar física e emocionalmente pronta para ele.
Não existe grande consenso quanto à idade do início do treino do bacio/sanita.
No entanto a maioria dos autores que se debruçam acerca deste tema, aconselham que esse treino deve ser realizado por volta dos dezoito meses de idade, porque até essa idade a criança faz as suas necessidades de forma automática, obedecendo apenas ao comando reflexo e involuntário.

4 Comments:

At 11:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Gostei do blog!Interessante a conjugação e originalidade dos temas que saõ postados! Parabéns!J.P.

 
At 8:36 da tarde, Anonymous margarida pulido said...

Gostei das dicas e espero aproveitá-las. Sou professora e mãe de uma menina de dois anos. Não tenho tido sucesso no treino das fraldas .....mas pode ser que ela de um dia para o outro se ressolva. Obrigada pelo incentivo! Valeu, beijinho da margarida.

 
At 11:57 da tarde, Blogger Carlos said...

Olá, adorei seu blog. Sou ligado a uma pré-escola em São Paulo (
colégio itatiaia ) e vou recomendar que os professores visitem e alguns pais também.
Abs,
Carlos
http://carloslavieri.blogspot.com

 
At 11:35 da tarde, Blogger Tania Mota said...

Muito bom o blog, a minha menina começou a deixar aos 2anos, porem regrediu e sem pressa da minha parte aos 2anos e meio no tempo de 1 semana por iniciativa dela deixou indo directamente a sanita por ser o local onde elas nos via a ir. Com a mais nova de 20 meses vou fazer igual.

 

Enviar um comentário

<< Home