domingo, setembro 17, 2006

As aulas estão aí ...


Em algumas localidades portuguesas as aulas nas escolas pré-primária e primária já se iniciaram. Em outras, por várias circunstâncias, estão quase a iniciar-se.
Esta etapa constitui, quase sempre, uma fase de ansiedade tanto para os pais e/ou educadores como para as crianças, por vários factores que acarreta.
Sendo assim é nosso dever como mães e/ou educadores que os nossos filhos iniciem o ano lectivo “com o pé direito”, por assim dizer ….
Nessa perspectiva podem tomar-se algumas medidas muito importantes:
1. Acorde o seu filho mais cedo
- Preferencialmente uma ou duas semanas antes das aulas começarem para que ele se vá habituando ao ritmo que o espera.
2. Ajude o seu filho a organizar-se na véspera do dia de aulas
- Ensine o seu filho a preparar a mala que contém os livros, cadernos e canetas, bem como a roupa que vai vestir. Com isto evitará com que volte atrás porque se esqueceu do caderno ou que perca tempo, de manhã, à procura do livro que lhe faz falta.
Se o seu filho for muito desorganizado, lembre-se que muitas crianças desorganizadas entendem-se muito bem na própria desorganização que fazem, pelo que não o force a ter posturas que o prejudiquem.
3. Faça com que o seu filho tenha uma boa imagem da escola
- Muitas crianças ficam angustiadas com o regresso à escola.
Nesse sentido, lembre-lhe sempre as coisas boas que aconteceram na escola.
Diga-lhe que vai voltar a ver os seus colegas, que se vão divertir, ter visitas de estudo, etc.
Pode também deixar que ele escolha os cadernos e as canetas, assim como a roupa que vai levar vestida no primeiro dia de aulas.
4. Ensine a seu filho que há tempo para tudo
- Habitue o seu filho a organizar o tempo, de maneira que ele consiga estudar, ver televisão, estar a brincar ou jogar com os amigos, ler...
Explique-lhe que não deve chegar a casa e isolar-se no quarto a jogar no computador, deixando os TPC por fazer.
E, acima de tudo, escolha com ele um local específico para ele estudar (calmo, com luz adequada e bem direccionada).
5. Oriente o seu filho nos TPC, se ele necessitar da sua ajuda
- Para muitas crianças, os TPC (os famosos trabalhos para casa) são um verdadeiro “quebra-cabeças”.
Por vezes, adiam ao máximo a sua realização e alguns acabam por não os fazer...
Não tenha problema em ajudar o seu filho a fazer os trabalhos de casa, desde que o oriente e não lhe faça a “papinha” toda.
Ultimamente muito se tem falado acerca dos trabalhos de casa que são para fazer na escola, se assim é deixam de ser trabalhos de casa ... não é?

5 Comments:

At 6:56 da tarde, Blogger António said...

Olá!
Como estou com problemas com a Net, tenho de ser rápido.
Portanto não vou ler nada desta vez, mas limitar-me a agradecer o comentário ao meu post d' "O impertinente".

Beijinhos

 
At 7:37 da manhã, Anonymous maria fátima ramos said...

Em relação ao começo das aulas a ansiedae é grande não somente para as crianças como para os professores ... da maneira que isto se encontra ... e agora com a possível avaliação dos professores, além da agressividade de alguns dos alunos e de alguns dos pais ..........

 
At 8:49 da manhã, Anonymous Paulo Bento said...

Gostei das dicas e do blog. tenho um filho com sete anos que vai iniciar as aulas na semana que vem. Obrigado e um abraço, Paulo

 
At 8:24 da tarde, Anonymous nuno lourenço said...

Nas escolas apontam-se para construção de megaturmas, em detrimento das miniturmas, enquanto estudos realizados na área educativa contrariam esta tendência, pois apontam para uma relação factual entre a diminuição do número de alunos por aula e o aumento do sucesso escolar.
Quem coompreende esta lógica????????

 
At 1:24 da tarde, Blogger Rosa Silvestre said...

antónio, agradeço a visita mas da outra vez passe por aqui com mais atenção, bjinho.
maria fátima ramos, a agressividade abunda por todos os lados, não é só nas escolas, ela também se encontra nos hospitais, centros de saúde, repartições de instituições, sejam públicas ou privadas, enfim, ventos desta nossa globalização!
paulo bento, ainda bem que gostou do blog e das dicas,um abraço.
nuno lourenço, pois deve ser a aplicação da lógica bolonhesa porque de processo de bolonha nada tem!!!!!!!

 

Enviar um comentário

<< Home